SAUDADE SEM FIM...

Quem disse que saudade mata? Ledo engano para os corações recheados de histórias. Saudade arde, queima, dói porque é vida ; experimentado com sorrisos , fatos , broncas, limite, hierarquia, companheirismo, cumplicidade e, por aí vai. Ter e sentir são meras conjugações para quem vive da SAUDADE.

Tenho saudade do cheiro, da voz, do abraço mas sinto a palpitação do coração quando me remeto no tempo experimentado.

Saudade não para quem vive é para quem viveu, concordam?

Esse é meu lema ou talvez tema para dar pauta para muitas DR (discutir relação). O português é preciso para quem o admira- assim é a saudade para quem tem precisão para contar, transmitir este sentimento cíclico, alto e baixo.

Sinto saudade todos os dias , toda hora mas não deixo de viver , vivo com ela e para ela estou VIVA com muita saudade do amor que um dia foi materializado por minha filha, meu vô, aquela amiga, até do olhar que me marcou ou lembrou que posso viver de saudade... amo ter saudade!!! Mãe de luto, que luta cheia de saudade!!!

 

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level