MORREU DO QUÊ? RARO ALGUÉM DIZER DE VELHICE!

Vivemos tempos estranhos mesmo. Tantos remédios, vacinas, exames, pesquisas e cada vez mais doenças e doentes! Alergias, intolerâncias, obesidades, depressão, processos inflamatórios, autismo. Lembra? Não era assim…

Claro, vivemos outros tempos. Mais stress, frustrações, sedentarismo, nutrição tóxica, emoções , ritmo de vida desordenado, pensamentos negativos, emaranhamentos familiares…tudo isso e um afastamento do verdadeiro propósito da nossa vida.

Resultado, tantos doentes, tanta doença

É doído, é. Mas é uma forma do corpo dizer que algo não está bem, que temos que rever algo, reexaminar nosso caminho, buscar um equilíbrio perdido. Aí entra o autoconhecimento, o respeito pelo corpo, pela natureza, pela vida.

Afinal, se o corpo não serve mais para nossa evolução como ser humano não tem muito sentido continuarmos por aqui.

Intoxicados todos estamos!E, em muitos níveis

Sabe aquela bolachinha com recheio? Pois é, é um horror! Tabletinho de caldo disso, daquilo? Outro horror! E assim vai, uma lista imensa (quase todo supermercado) de alimentos industrializados cheios de química, grãos transgênicos, laticínios adulterados, sucos falsos, carnes com hormônios+antibióticos e sabe Deus o que mais.

Você come, logo fica com fome porque são alimentos nutricionalmente vazios e aí você come mais. E mais. Barriga estufa, gases, cólica, prisão de ventre, mau humor…

Água? Toma bastante? Boa?

Sabia que seus pensamentos também influenciam a química do seu corpo? Pois é, imagine o que a raiva faz com seu fígado! E a tristeza com seus pulmões… viver no passado, medo, frustração…haja coração! Vivemos reféns desses efeitos tóxicos em nós. Mas não é só isso. Tem ainda energias magnéticas, celulares, excesso de televisão (sabe essas temporadas que te deixam 8 horas por dia e vários meses na tela?)

E os ambientes e pessoas tóxicas? A vizinha invejosa, o colega de trabalho que só espera a hora de puxar seu tapete, Deus me livre!!! E você? Tem crenças limitantes, isto é, não sou capaz, não posso, não vai dar certo? Fica ruminando idéias negativas? Só olha o que falta? Reclama de tudo?

Você tem um propósito ou está viajando nessa jornada maravilhosa que é a vida? Desintoxicar pede uma ação, compromisso, respeito, silêncio. Pede meditação, olhar interno, amorosidade.

Um amigo disse que toda opção leva a uma renúncia. Pense nisso!

Dicas

Respeite seu corpo, alimente-se bem e com variedade.

Evite alimentos industrializados (já leu os rótulos dos alimentos, a composição? Socorro!), açúcar (adoçantes nem pensar,ok?) muita gordura, álcool, doces, excessos.

Abuse dos sucos, saladas. Muita água longe das refeições. Exercite pensamentos positivos, alegria, solidariedade e gratidão.Observe seu sono, suas palavras. Sorria. Assuma sua parte nas coisas que derem errado. Mude seus hábitos, seu foco. Adeus ao sedentarismo, mexa-se!

Uma dica do Dr Deepack Chopra: “Quer saber como está seu corpo hoje? Lembre-se do que pensou ontem. Quer saber como estará seu corpo amanhã?

Olhe seus pensamentos hoje! Ou você abre seu coração, ou algum cardiologista o fará por você! Desintoxicar+ação! Sucesso!!! Estou torcendo por você!!!

 

Livia Costa

Terapeuta Antroposófica, fisioterapeuta, detox terapeuta, apaixonada pela vidae tudo que tem nela!

 

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level