O Ministério de Educação acaba de confirmar a implantação do curso superior de Medicina em Porto Seguro, através da divulgação, dia 20/02, do resultado “Satisfatório” do Edital de Chamamento Público de Municípios para Implantação de Curso de Graduação em Medicina por Instituição de Educação Superior Privada. O edital Nº 02/2017 é assinado pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Henrique Sartori de Almeida Prado.

De acordo com o prefeito Beto Nascimento, esse foi um passo decisivo para assegurar a aprovação de Porto Seguro como um município que cumpriu todas as exigências, reunindo as condições necessárias para sediar uma faculdade de Medicina. O processo de habilitação incluiu a visita de técnicos do MEC, que avaliaram a estrutura local e participaram de diversas reuniões com a Prefeitura e representantes do setor de saúde.

Durante as visitas, os técnicos conheceram e aprovaram a estrutura das UPAs do complexo Frei Calixto e Arraial d´Ajuda e também do hospital Luis Eduardo Magalhães, que deverá funcionar como hospital escola. O prefeito comemorou mais essa grande conquista para Porto Seguro. “Além de possibilitar a permanência na cidade de muitos jovens que pretendem seguir a carreira, o curso superior de Medicina será fundamental para suprir a nossa demanda de médicos para atender cada vez melhor a população”. 

Em agosto de 2016 recebi um convite para ser voluntário na Associação Ciranda da Vida – casa de apoio a pacientes com câncer de Porto Seguro BA. Visitei o local para avaliar o que eu poderia fazer como fisioterapeuta, em benefício dos pacientes.

Em setembro de 2016 iniciei um projeto com pacientes pré e pós cirúrgicos, para pesquisar os efeitos dos Exercícios Terapêuticos do Método EQCOAN (Equilíbrio Consciente Audinei Neves) na melhora da qualidade de vida de pessoas com câncer.

Os Exercícios Terapêuticos são realizados por meio de movimentos lentos e suaves que não causem dor, em diferentes posições (deitada, sentada e em pé), onde cada participante é orientado a prestar atenção em seu corpo, o que sente ao executar cada movimento. Estimulando a percepção e o controle consciente do corpo para aliviar tensões e dores.

O impacto social dessas atividades na vida das pessoas atendidas, que se tem como objetivo e os resultados aferidos após um ano e meio desse projeto são: Estimular o autoconhecimento do corpo para aliviar as tensões e dores, a melhora dos movimentos por meio de movimentos lentos e suaves que não causem dor durante a execução das atividades, melhora da autoestima e bem estar geral, aumento da capacidade respiratória, autonomia para dar continuidade aos exercícios em casa, saber quais exercícios devem ser feitos no momento de necessidade, melhora da força muscular e equilíbrio, melhora da postura corporal, redução de retenção de líquidos e medidas, controle da micção, redução da ansiedade e depressão, por ser uma atividade em grupo o relato de melhora de uma pessoa ajuda na melhora de todos.

A grande vantagem na aplicabilidade do método é o fato de não necessitar nenhum material ou equipamento. Apenas o piso em material macio. Com essa atividade sendo oferecida constantemente, poderemos observar os efeitos no curto, médio e longo prazo nas pessoas participantes, com objetivo de que essa terapia seja adotada na prática de prevenção e tratamento, e em todos os locais que se destinam ao acompanhamento de pessoas com câncer. 

Dr. Audinei Neves

Fisioterapeuta

CREFITO 13079F

Página 1 de 6

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level