Convidamos o leitor ao desafio de construir um entendimento sobre a relação entre os temas turismo e sustentabilidade! Trata-se, sobretudo, de uma oportunidade para refletirmos e identificarmos novas possibilidades que envolvem estes dois temas!

Sejam bem-vindos: esse é um caminho onde as oportunidades para novas experiências não cessam!

Realizado no SENAC Porto Seguro no dia 10 de abril, o evento contou com uma programação bem estruturada: conferência, palestras, fórum náutico, workshop com treinamento para tripulação profissional e cadastro de atividades náuticas turísticas e desportivas.

A inovação do Náutica e...vento! foi teve assessoria jurídica de Aleixo Advogados Associados. A participação cidadã e comunitária trouxe questões pertinentes para consultas e os advogados participaram orientando e esclarecendo dúvidas.

Bacana é ser feliz! 12 meio ambiente Os pesquisadores do Projeto Coral Vivo estão atentos aos dados distribuídos pelo NOAA (serviço oceanográfico e atmosférico do governo americano) sobre a possibilidade de branqueamento de corais na costa brasileira até maio deste ano. Os mapas gerados atualmente apontam Alerta Nível 2 para o Sul da Bahia e Búzios, e Alerta Nível 3 se aproximando de Búzios.

No dia 05 de Junho é comemorado o dia do meio ambiente. Data criada desde 1972, devido ao encontro promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para tratar de assuntos ambientais e que ficou conhecida como a Conferência das Nações Unidas, com a participação de 113 países, além de 250 organizações não governamentais, em que a pauta principal abordava a degradação do meio ambiente e os riscos para sua sobrevivência.

A Região da Costa do Descobrimento promove e abriga diversos tipos de eventos, sejam fóruns, congressos, shows, festivais, um segmento que envolve uma cadeia de pequenos, médios e grandes empresários, desde a gastronomia, mobilidade de pessoas, divulgação, distribuição de materiais, hospedagem, insumos como energia elétrica, água, combustível, entre tantos outros. Se por um lado a realização de eventos dinamiza a economia local diversificando oportunidades de trabalho e renda, valoriza e divulga a cultura da região, por outro sabemos que proporcionais também são seus impactos quando não planejados de forma sustentável.

natalia introNatália VinhasDiante da crise ecológica atual vivida no mundo, o consumo já é o maior desafio ambiental do século. Além de diversos fatores como a poluição de rios, o desmatamento e a destruição da camada de ozônio, a produção de lixo vem como um dos vilões dessa crise. Em decorrência dessa grande produção de lixo, o consumo sustentável está sendo amplamente discutido e difundido em todo o mundo.

O consumo sustentável é baseado na ideia de que o planeta não pode suportar os padrões de extração, produção, comercialização e descarte de bens utilizados nas últimas décadas. Isso não significa que as pessoas devem parar de consumir, mas sim consumir menos e melhor, tendo consciência do que estão comprando e até de como será feito o descarte daquele produto, levando em consideração os impactos ambientais, econômicos e sociais.

Liderado por brasileiros, estudo sobre fixação de nitrogênio em corais foi publicado pelo grupo ‘Nature’

 

A elevação de temperatura nos oceanos poderá influenciar no processo de fixação de nitrogênio em corais. A conclusão é do estudo que acaba de ser publicado no “The ISME Journal”, do grupo “Nature”, que investigou os efeitos do aquecimento sobre as bactérias que vivem em associação com o coral Mussismilia harttii e que são capazes de fixar esse componente essencial para a vida.

Virou lugar comum, para os ecologistas pelo menos, que tudo tem que ser sustentável. Pois bem, também penso assim. Mas eu deveria pensar diferente. Nesse artigo notem que vou usar sempre “eu“ até para não comprometer ninguém.

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level