Depois de chefiar a cozinha da Pousada e Restaurante Terra Morena e gerenciar o setor de A&B do Resort Costa Brasilis em Santo André, a chefe Anahi Ferro atravessa o João de Tiba para compartilhar seus conhecimentos de alta gastronomia, cozinhas regionais, culinária alternativa e gestão.

A demanda por consultoria em métodos de gestão eficientes na cozinha em todo o ciclo de produção e cardápios alternativos para pessoas com intolerância motivou Anahi a se estabelecer em Cabrália para atender restaurantes da Costa do Descobrimento.

Anahi, que a maioria conhece por Naná, tem formação clássica de chef de cozinha, graduada no Grande Hotel Senac de São Pedro e especialização na Le Cordon Bleu do Peru. Traz na bagagem a tradição familiar de hotelaria e o desenvolvimento pessoal em alimentação para pessoas com intolerância a gluten e lactose devido a um caso em família.

Atualmente, Anahi presta serviços para um restaurante tradicional do Arraial de Ajuda. “O que começou como uma consultoria de gestão para organizar a cozinha evoluiu para um atendimento no ciclo completo de um restaurante: refazer o menu, racionalizar a estrutura de compras, treinar a equipe, desenvolver produtos para atender novos públicos, inclusive vegetarianos e pessoas com intolerância. É uma consultoria bem completa da escolha dos ingredientes, passando por padrões de eficiência e higiene na cozinha e vai até a chegada do prato à mesa ”.

Na ampla casa que escolheu para morar em Cabrália, Naná já montou a estrutura para atender a demanda por bufês tradicionais ou diferenciados para festas e eventos. E tem planos para ocupar a casa com outra atividade: “A ideia é montar uma escola de gastronomia para jovens de baixa renda da região.

É uma alternativa para a moçada conseguir empregos melhores.

Com todos esses hotéis e restaurantes da Costa há procura por mão de obra treinada e qualificada”.

 

Chef Anahi Ferro,
Consultora em
Restaurantes e Hotéis.
Eventos personalizados.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
73 9 9974-2022

A Chef Danielle Dahoui é uma pernambucana de origem franco-italiana, que viveu até os onze anos no nordeste. A arte da culinária ela aprendeu com suas avós e mãe, filhas de italianos, que sempre gostaram de ter a mesa farta e rodeada de amigos e familiares.

A paixão pela gastronomia de Fernanda Possa começou em casa, mais especificamente no restaurante da família, no extremo Sul da Bahia. E após trabalhar por 12 anos ao lado da mãe e estudar muito, a chef decidiu seguir em voo solo e abriu seu buffet voltado para eventos e casamentos.

A Chef de cozinha Cris Mota, cozinheira, docente, capacitada e graduada em gastronomia, é a primeira mulher a vencer a competição gastronômica conhecida mundialmente e transmitida pelo SBT o Hell’s Kitchen Brasil.

De pai capixaba e mãe descendente indígena, nasci e me criei em Trancoso. Passei minha adolescência dividindo a paixão pela música com o trabalho nos negócios da família. Minha mãe, cozinheira de mão cheia em casa, com ela sempre fomos acostumados a comer bem. Aliás, minha paixão pelo sushi começou comendo, rs.

A gastronomia esta cada dia mais valorizada no Brasil, atualmente as pessoas fazem questão de degustar novos sabores e temperos.

Neste verão, a cidade de Arraial d`Ajuda tem o prazer de receber, pelo segundo ano consecutivo, a Feirinha Arraial Gastrô. Ela acontece no Uiky, uma das casas noturnas mais badaladas da cidade. Nós da revista Ana Bacana, que estamos sempre de olho em tudo que tem de bacana, estávamos lá!

Dona Thera Luchetti é uma pessoa muito especial e por quem tenho muito carinho. Tudo o que ela faz fica gostoso... Faz com amor. E esse é o diferencial de tudo nessa vida. Essa receita, usei durante muitos anos logo que cheguei em Porto Seguro e forneci tortas doces para um café de um shopping local. A receita está descrita na forma original, como ela mesma enviou para mim. Dá super certo... E se fizer com amor? ARRASAAAAAAAA!!!

A Revista Bacana procurou o chef sorveteiro Bruno Maremmani para explicar tudo sobre o tema sorvetes. Com a chegada do Verão é sempre bom você ficar sabendo qual a principal diferença entre os sorvetes artesanais e os sorvetes industrializados, o processo de fabricação e o regionalismo dos grandes fabricantes, pois estes produzem sabores específicos de acordo com a demanda de cada estado ou país de atuação.

Desde o dia 10 de outubro, a cidade de Porto Seguro, extremo sul da Bahia, começou a ser vista de um novo ângulo. A cidade é conhecida pela chegada de Pedro Álvares Cabral, muitas festas, Axé e suas lindas praias, escolhidas por celebridades nacionais e internacionais como Beyoncé, Debora Secco, Naomi Campbel, Elba Ramlho, Preta Gil e outros. Porém, a escritora Kássia Luana, após pouco mais de 6 anos de pesquisa e vivência na cidade, decidiu mostrar a cidade através de sua Gastronomia.

“A culinária é uma junção de temperos e afetos”

Sardela da Vovó Amália

Para essa edição trouxe uma receita cheia de memórias. Uma receita da minha avó Amália...

“A culinária é a magia do dia a dia transformada em amor”

Docinho de Castanha de Caju que não vai ao fogo Já pensou um docinho que não vai ao fogo? Que é super fácil e rápido de fazer? Pois encontrou.

Página 1 de 2

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level