É outono, mas em maio sempre vejo as borboletas por aí debaixo das cores do céu que se abre nos dias em que não há tempestade. É um prelúdio da primavera que acontece na outra parte do mundo, apesar de que aqui tudo que nos espera é o inverno. Dedicado a coisas doces, como as mães e os casais que festejam sua união, maio é um mês delicado. Ao mesmo tempo em que celebra a maternidade e o casamento, ele parece uma estaca de passagem entre os próximos meses, que irão aos poucos transformar toda nossa vida numa correria, até que chegue dezembro.

Subcategorias

© 2017 Revista Bacana. Todos os direitos reservados. Designed By Top Level